ABRAÇO RS CONSEGUE APROVAR EMENDA NO ORÇAMENTO ESTADUAL CONTEMPLANDO

Clementino Lopes
Coordenador Executivo da ABRAÇO RS

Hoje dia 13 de novembro a Comissão de Finanças e Planejamento da Assembléia Legislativa , discutiu e votou o Relatório do Deputado Adilson Troca sobre o ORÇAMENTO ESTADUAL que tramita desde setembro, no momento que se da estas informações ainda esta sendo votado o
Relatório mas a EMENDA 254, proposta pela ABRAÇO RS através da Bancada do PT foi aprovada por unanimidade de votos da comissão.
Do que se trata essa Emenda? O texto do Projeto orçamentário que trata de PUBLICIDADE INSTITUCIONAL – SGG, Secretária Geral do Governo, constava “DIVULGAR NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO” nossa proposta foi de INCLUIR o “INCLUSIVE RÁDIOS E TVs COMUNITÁRIAS”.
Inicialmente propomos uma Emenda Popular assinada pela ABRAÇO RS e pela RÁDIO COMUNITÁRIA IPANEMA de Porto Alegre, no entanto não foi acolhida no Relatório. Passado as etapas de emenda popular e as Emendas de Deputados na Comissão de Finanças, restava o recurso regimental de apresentar EMENDAS DE BANCADAS com um mínimo de 7 assinaturas de Deputados que façam parte da Comissão. Assim no dia de ontem 12 e hoje 13 os Coordenadores Executivo, Finanças, Regional Metropolitana , respectivamente Clementino, João Carlos, Bruno e
Doraci e o companheiro Candido Machado do Sindicato dos Bancários Santa Cruz, pereginaram pelos gabinetes dos Deputados que integram a Comissão de Finanças e Planejamento da Assembléiam Legislativa. na busca dos sete votos para poder protocolar a emenda durante a
leitura do Relatório.O que parecia impossível se concretizou e a Emenda acaba de ser aprovada, portanto incorporada ao Projeto de Orçamento que agora irá a votação de Plenário. Como o Plenário não poderá apresentar mais emendas portanto será definitivamente
aprovada. Passo seguinte será a sansão ou veto da Governadora Yeda . Na hipótese de VETO da Governadora voltará a ser votado pelo Plenário da Assembléia o qual precisará de 2/3 dos votos para derrubar os vetos.Essa é a tramitação. Como houve acordo de Bancadas
esperamos que não seja vetado.
O que significa na prática essa Emenda? Primeiro: Será a primeira política pública de sustentabilidade das Rádio Comunitárias. Haja visto que as Agencias vencedoras de Publicidade Institucional, estão “absurdamente” exigindo que sejam filiadas a AGERT. Segundo:
nos abre a possibilidade de disputa dessas verbas, ela não será automática. Terceiro: Não haverá razão para as autarquias como CEEE, Corsan, Banrisul, etc, alegarem ilegalidade, pois se pode o mais poderá o menos.
A Coordenação da ABRAÇORS cumpriu com sucesso a sua parte na primeira experiência de “lobby” nos bastidores. O passo seguinte será a efetivação dessa política que embora mínima é um passo
importante.
Abaixo a relação dos Deputados Estaduais que assinaram a Emenda:PT:
Raul Ponte,(destaca- se o seu trabalho no processo de convencimento
dos demais), Ivar Pavan,; PDT: Adroaldo Loureiro, Kalil Sehbe;PTB:
Cássia Carpes: PMDB: Nélson Harter; PPS: Berfran Rosado. Não
assinaram mas votaram favoráveis: PP: Frederico Antunes, Silvana
Covatti, João Fischer; PSDB: Nelson Marchezan e Adilson Troca.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: